Unidade de Cuidados Prolongados do HMJ é qualificada pelo Governo Federal

30 de maio de 2019 às 10:37h

necessidades-básicas-paciente

 

O Ministério da Saúde habilitou a Unidade de Internação em Cuidados Prolongados – UCP do Hospital Memorial Jaboatão (PE), por meio da Portaria n.º 1.020, de 23 de maio de 2019. Em outras palavras, o hospital, que já é referência no Estado por ser 100% SUS, agora passa a contar com o custeio do Governo Federal para manutenção dos serviços prestados a pacientes que necessitam de cuidados prolongados.

De acordo com o Superintendente, Mário César Homsi Bernardes, a habilitação “é resultado de muito esforço de todos os envolvidos, nossos funcionários e as equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, que reconheceram o nosso trabalho.” “Isso demonstra que a unidade cumpre com todas as exigências contidas em legislação específica, seja relacionada à estrutura física e ambientação, seja na composição de equipes assistenciais, seus protocolos clínicos e serviços de apoio”, complementa o Diretor Administrativo do HMJ, Evandro Tavares.

Atualmente, o Hospital oferta 40 leitos para pacientes de cuidados prolongados, ou seja, àqueles que necessitam de reabilitação e recebem constante acompanhamento de equipe multidisciplinar composto por médico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogo, enfermeiro, técnico, entre outros profissionais. A unidade é referência nesta linha de cuidado, tendo em vista que além dos leitos intra-hospitalar recentemente qualificados, atua no gerenciamento de cinco equipes multidisciplinares, que acompanham 300 pacientes em domicilio via Serviço de Atendimento Domiciliar [SAD].